ANEDOTA: Dois amigos, um alfacinha e um alentejano


Dois amigos, um ALFACINHA e um ALENTEJANO estavam snifando cocaína e foram presos pela polícia.

No dia do julgamento o Juiz estava de bom-humor e disse-lhes:

– Vocês até parecem ser boas pessoas, por isso decidi dar-vos uma segunda hipótese.

– Em vez de irem para a cadeia, terão que mostrar às pessoas os terríveis males das drogas e convencê-las a largá-las.

– Compareçam no tribunal daqui a uma semana, pois quero saber quantas pessoas convenceram.

Na semana seguinte os dois voltaram ao Tribunal e o Juiz perguntou ao Alfacinha :

– Como foi a sua semana rapaz?

– Bem, Meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir drogas para sempre.

– 17 pessoas? Muito bem – disse o Juiz, satisfeito.

– O que lhes disse ?

Eu usei um diagrama, Meritíssimo.

– Desenhei 2 círculos como estes:

oO

– Depois apontei pró círculo maior e disse:

– Este é o vosso cérebro em tamanho normal.

E apontando para o menor.

– Este é o seu cérebro depois das drogas.

– Muito bem. Aplaudiu o juiz, virando-se para o outro sujeito, o compadre Alentejano.

– E você?

– Como foi a sua semana?

Bem Meritíssimo, eu convenci 234 pessoas.

– 234 pessoas? – Exclamou o juiz, saltando da cadeira.

– Incrível.

– Como conseguiu isso?

– Utilizei um método semelhante ao do meu colega.

– Desenhei 2 círculos como estes:
o o

– Mas eu apontei para o círculo menor e disse-lhes:

– ESTE É O VOSSO CU ANTES DE IREM PARA A PRISÃO.