ANEDOTA: É apenas uma questão de buracos


Um homem estava a jogar golf, quando de repente se sentiu perdido.
Olha adiante e vê uma mulher a jogar e vai ao seu encontro.

-Bom dia. Pode ajudar-me? Não sei qual o buraco em que estou.
-O senhor está um buraco atrás do meu. Eu estou no 7 e o senhor está no 6.
O homem agradeceu e continuou o seu jogo. Algumas horas depois, sentiu-se novamente perdido.
Viu a mesma mulher e perguntou já envergonhado.
-Desculpe incomodá-la, perdi- me novamente.
Pode-me dizer em que buraco estou agora?
-O senhor está um buraco atrás de mim, eu estou no 14 e o senhor está no 13.
Novamente agradeceu à mulher a gentileza e continuou o seu jogo.
Quando acabou o jogo, encontrou a mulher no bar do clube.
Foi na sua direcção e perguntou se poderia convidá-la a tomar algo em agradecimento por o ter ajudado.
Ela aceitou e começaram a conversar animadamente, quando perguntou o que ela fazia para viver.
-Trabalho em vendas.
-É mesmo? Eu também. E o que vende? Perguntou o homem.
-Ela um pouco envergonhada, e depois de alguma insistência, dispôs-se a dizer-lhe, se ele prometesse não se rir.
Ele prometeu não fazê-lo.
– Vendo tampões higiénicos.
Ele imediatamente soltou uma gargalhada que chamou a atenção de todos os presentes.
Ela, um pouco zangada, disse:
– Você prometeu não rir.
– Desculpe, não consegui evitar, continuo um buraco atrás do seu, é que eu vendo papel higiénico.