Juiz dá sentença a mãe deprimida quando chega a tribunal para pagar multa


O juiz Frank Caprio já é famoso pelas penas que aplica. Já não é a primeira vez que ele demonstra o ser humano incrível que é, e desta vez calhou a Andrea.

Quando esta mulher chegou ao tribunal, o juiz revelou que ela tinha algumas multas de estacionamento, as quais datavam já de 2004 e 2005.

No desenrolar da conversa, e quando se falou nas multas que tinha para pagar com datas mais recentes, Andrea revela que em Março de 2016 o seu filho havia sido morto, e desde aí que a conversa tomou um novo rumo, especialmente porque foi na sequência da morte do filho que a segurança social que retirou todo o apoio.

Porquê? Porque o filho devia ao estado 75 dólares. Vê o que o juiz Frank Caprio decidiu para Andrea neste vídeo.