Aventureiro catalão desce de caiaque a maior queda de água glaciar

Publicidade

Aos 32 anos, Aniel Serrasolses arriscou-se a descer uma cascata de 20 metros, no Círculo Polar Ártico. É apenas a descida mais longa alguma vez registada.

Ele diz que, em sua vida, já remou através de túneis de gelo e diferentes arquipélagos na Noruega, mas nada se compara a essa experiência. Diz que a sensação é de levitar sobre a água, para além de se maravilhar com as texturas e as vistas lá de cima.

Publicidade

Aniel teve uma equipa para o apoiar na subida, que demorou mais de 11 quilómetros, levando carga e o caiaque. O percurso incluía também fendas e riachos.

Publicidade
Livro Grátis de Apostas Desportivas