Coisas que só aprendemos quando saímos de casa dos pais


Viver com os nossos pais dá-nos uma sensação de segurança única. No entanto, existem coisas que só aprendemos quando saímos de casa para viver sozinhos, ou a dois.

Os primeiros dias são marcados por uma grande tensão e, até nos habituarmos às responsabilidades, sentimos uma saudade imensa da vida tranquila que tínhamos.

Ao longo do tempo, vamo-nos apaixonando pela liberdade que temos, pela oportunidade de montarmos o nosso próprio lar, do jeitinho que gostamos. Aprendemos até a gostar das nossas obrigações domésticas, como lavar a roupa e a louça.

Sem dúvida, sair de casa dos pais é uma aprendizagem contínua, e traz-nos vários benefícios.

Por isso criamos aqui uma lista de Coisas que só aprendemos quando saímos de casa dos pais.

Curioso? Então continue a ler.

3 Coisas que só aprendemos quando saímos de casa dos pais

Quando saímos de casa dos pais para morar junto com o(a) nosso(a) namorado(a), aprendemos uma série de coisas que antes nem imaginávamos. O mesmo acontece quando vamos morar sozinhos.

Aqui juntamos 3 Coisas que só aprendemos quando saímos de casa dos pais.

Tarefas Domésticas

Verdade seja dita, nós só nos apercebemos que as coisas não se fazem sozinhas quando saímos da barra da saia da mamã.

Infelizmente a nossa sociedade ainda sobrecarrega a mulher e mãe com todas as tarefas domésticas. E nós só percebemos isso a partir do momento em que nós passamos a ser a “dona do lar”.

Quando vamos morar com o nosso amor, é importante definir logo as regras de organização dessas tarefas. Nada de um ficar com a maior parte das tarefas. É um trabalho que tem de ser dividido igualmente, sem desculpas.

Individualidade

Só quando saímos de casa dos nossos pais é que percebemos o quanto podemos usufruir da nossa solidão, da nossa individualidade e privacidade.

Se antes nem no nosso quarto podíamos ter um momento só nosso, sem ninguém incomodar, agora temos todo o tempo do mundo. E isso é magnífico.

Quando moramos juntos, é importante que ambos entendam esta necessidade de espaço individual que deve ser respeitado.

Dinheiro

É aqui que a coisa pode não ser tão bonita, mas necessária. Ter um bom planeamento financeiro é fundamental para que as contas não saiam do controlo.

Num primeiro momento vai ser difícil. Muitas vezes o dinheiro não vai sobrar e vai andar a contar trocos no fim do mês (às vezes até a meio do mês).

Mas aprender com esses erros é imprescindível para o nosso crescimento. E são nesses momentos que aprendemos que somos capazes do inimaginável, que temos força e garra para ultrapassar todos os obstáculos sozinhos.