Conheça os 5 tipos de orgasmo que a mulher pode ter


Sabia que as mulheres conseguem ter 5 tipos de orgasmo? Ainda não os conhece? Então está na hora de descobri-los e aumentar, ainda mais, o prazer da sua intimidade.

O orgasmo feminino é muito complexo, e por isso existem, cada vez mais, casais que procuram explorar o corpo da mulher para elevar a sexualidade no relacionamento.

Graças à liberdade sexual que a mulher ganhou no último século, conseguimos hoje perceber que elas conseguer ter vários tipos de orgasmo, dependendo das partes estimuladas. Vamos ver em detalhe quais são.

5 Tipos de orgasmo feminino

Provavelmente já ouviu algumas mulheres dizerem que têm diferentes tipos de orgasmo. Isso porque, de facto, é verdade. Ao contrário do homem, a mulher é capaz de atingir o orgasmo em várias regiões (só vantagens meninas :p ). Aqui vamos detalhar os 5 tipos conhecidos.

1 – Orgasmo Clitoriano

O clitóris é o órgão feminino mais famoso. Este é o tipo de orgasmo mais fácil de alcançar por ser de fácil acesso. Além de ser o caminho mais fácil e rápido para o orgasmo, os homens já sabem como estimulá-lo para levar a parceira ao êxtase.

2 – Orgasmo Vaginal

Este é, talvez, o tipo de orgasmo mais difícil de atingir, mas também é dos mais conhecidos. É preciso muita prática, dedicação e empenho para conseguir atingi-lo.

A dificuldade prende-se com o facto de a simples penetração poder não estimular o ponto G. O casal deve encontrar a posição certa para que essa zona erógena seja estimulada para alcançar um dos mais famosos tipos de orgasmo.

3 – Orgasmo Clitoriano e Vaginal

Este é um dos tipos de orgasmo que mais prazer dá à mulher. Pode ser chamado também de orgasmo misto, ou orgasmo total. Trata-se de um orgasmo intenso pois combina o prazer do orgasmo clitoriano com o do orgasmo vaginal, ao mesmo tempo.

4 – Orgasmo desportivo

Este é, talvez, o tipo de orgasmo menos conhecido, mesmo entre as mulheres. De acordo com um estudo recente, as mulheres são capazes de sentir prazer com o exercício físico.

Obviamente que este orgasmo despoletado por determinados exercícios não dão o mesmo prazer, mas há já mulheres que desenvolvem este tipo de prazer e conseguem intensificá-lo.

5 – Orgasmo Anal

Achou que o orgasmo anal era um mito? Como uma mulher seria capaz de ter um orgasmo no ânus? Pois bem, a verdade é que este tipo de orgasmo existe e pode ser tão prazeroso como os anteriores.

Uma das grandes vantagens é que como se trata de uma região muito sensível, é facílimo chegar ao clímax.