Jovem perdoa e abraça polícia que matou o seu irmão

Publicidade

O jovem Brandt Jean, irmão mais novo de Botham Jean, atingido mortalmente por uma polícia, perdoou e abraçou-a em pleno tribunal.

Botham, um afro-americano de 26 anos, foi morto a tiro no seu apartamento, quando via televisão e comia gelado, tranquilamente, pela ex-agente da Polícia de Dallas Amber Guyer, a 6 de Setembro de 2018. Esta afirmou ter-se enganado no apartamento e pensou que Botham seria um intruso.

Amber foi condenada a 10 anos de prisão por homicídio por negligência e, claro, despedida da Unidade de Dallas.

Fechar Artigo Promovido E Ver Vídeo ×