Matemática está por trás do sucesso do Império Chinês


A matemática é o segredo do sucesso das mais variadas civilizações, tendo sido usada para diversos fins, desde a medição do tempo até à navegação marítima. O Império Chinês não foi excepção.

Embora a matemática tenha sido usada inicialmente no Egipto, Grécia e Mesopotâmia, o seu auge foi atingido no Oriente.

A Matemática e o Império Chinês

Foi graças à matemática que a China antiga conseguiu fazer os cálculos necessários para construir a Grande Muralha.

O imperador tomava as suas decisões sempre de acordo com o movimento dos planetas e o calendário. E para isso a matemática era fundamental.

Matemática e vida sexual do imperador

Os conselheiros da corte criaram um sistema com base no conceito matemático de progressão geométrica para que o imperador tivesse relações sexuais com o maior número de mulheres. Chamava-se de sistema de harém chinês.

O intuito deste sistema de harém era o de maximizar as hipóteses do imperador deixar um herdeiro. Segundo esse sistema, o imperador dormiria com 121 mulheres em apenas 15 dias.

Matemática e Economia da China Antiga

Tendo em conta que a China antiga era um império imenso, e com um crescimento contínuo, havia a necessidade de um código legal rigoroso e cobrança de impostos. Além disso, eles criaram um sistema padronizado de medidas, pesos e dinheiro.

Dez mil anos antes do Ocidente usar o sistema decimal, o império chinês já o conhecia e usava regularmente. Além disso, os chineses já eram capazes de resolver equações que aqui só se resolveram no século XIX.

Matemática e Mitologia Chinesa

De acordo com a mitologia chinesa, a matemática foi criada no ano de 2800 a.C., a pedido do Imperador Amarelo às divindades. Na época acreditavam que os números tinham algum tipo de significado cósmico.

Esta crença existe ainda hoje. Por exemplo, os números ímpares são tidos como masculinos, ao contrário dos números pares, que são femininos.

Já o número 4, em articular, deve ser evitado pois traz azar, ao contrário do número 8.

Matemática e Astronomia

Já no século VI se fazia uso da matemática no Império Chinês para estudar astronomia. Eles mediam os movimentos planetários, por exemplo, a partir do teorema do resto chinês.

Interessante, não? Se não fosse a matemática o império chinês nunca teria sido o que foi.