Profissionais de Saúde da Bélgica protestam e viram as costas à primeira-ministra

Publicidade

Os profissionais de saúde do hospital Saint-Pierre, situado em Bruxelas, na Bélgica, protestaram contra a forma como o governo tem lidado com a classe nesta altura de pandemia de Covid-19 e viraram as costas à primeira-ministra que chegava ao hospital de carro.

Os médicos têm-se queixado dos sucessivos cortes orçamentais, assim como a falta de profissionais e salários baixos. Os profissionais de saúde mostraram ainda o seu descontentamento pelo facto do governo querer contratar profissionais sem a qualificação adequada.

Publicidade

Publicidade
Livro Grátis de Apostas Desportivas